5 dicas para assumir o controle de suas finanças pessoais

04-11-2017

5 dicas para assumir o controle de suas finanças pessoais

Pessoas que são financeiramente bem-sucedidas são as que dedicam tempo e energia a orçamentar regularmente , gerenciando e planejando suas finanças.

Uma educação financeira é algo que quase ninguém recebe, seja em casa, seja na escola, mas é um dos principais componentes do sucesso financeiro. Se você é novo em finanças pessoais ou simplesmente está procurando maneiras de expandir seu conhecimento financeiro, aqui estão cinco dicas pra que que possa ter a base financeira que você almeja:

1. Programe datas semanais para gerenciar seus pagamentos. 

Os milionários gastam, em média, 4,8 horas por mês, gerenciando e planejando suas finanças. Enquanto muitas pessoas querem ser milionárias, a maioria também não dedica o tempo e a energia necessários para que isso aconteça. Então não cometa esse erro.

Em vez disso, configure um evento recorrente em seu calendário para gerenciar seus pagamentos e aloque pelo menos uma hora por semana para suas finanças. Você deve atualizar o seu orçamento, revisar as despesas futuras, pagar contas, reveja suas contas para obter precisão e lidar com qualquer outro assunto financeiro urgente. Faça as suas datas de pagamento o mais agradável possível ou faça qualquer outra coisa que faça o processo de finanças pessoais ser divertido pra você. Quanto mais divertido for, mais provável que você continue a fazê-lo - e a perseverença é o que conta.



2. Reserve pelo menos 20 minutos por semana para ler sobre finanças pessoais. 

Não queira aprender tudo sobre as finanças pessoais de uma só vez. Tire ao menos 20 minutos por semana para ler sobre tópicos de finanças pessoais. Escolha um tópico por semana e leia apenas esse tópico até que você entenda, então, avance para outra coisa. Recorra a livros, há otimos deles que pode te ajudar muito.

3. Fale com as pessoas que você admira. 

À medida que você começa a aprender sobre assuntos de finanças pessoais, como estratégias de gastos, poupança, crédito, dívida, investimento e aposentadoria, aplique o que aprende falando sobre isso com aqueles que você admira. Muitas vezes o que a maioria do que seus amigos e familiares sabem sobre o dinheiro está errado.

Em vez disso, fale com pessoas e empresários que são bem sucedidos em suas vidas financeiras. Pergunte-lhes sobre seus sucessos e falhas. Talvez você consiga não tropeçar nas mesmas pedras que eles tropeçaram . Falar sobre dinheiro ainda é um assunto sensível para muitas pessoas, então comece devagar e prepare o caminho para conversas mais aprofundadas. Seja respeitoso com o que as pessoas compartilham com você e agradeça sempre por seus conselhos.



4. Teste estratégias em sua própria vida. É tentando que se aprende.

A maioria dos empreendedores percebeu que a melhor maneira de aprender se uma idéia de negócio funcionará ou não é testá-la. Essa mesma filosofia vale também para suas finanças pessoais. Há toneladas de sistemas e programas disponiveis para ajudá-lo a orçar suas receitas e despesas mensais, mas você não saberá o que funciona melhor para você se não tentar. Teste muitos sistemas de orçamento e até a "velha" e boa planilha do Excel pode resolver. Lembre-se, até que você tente algo, você não saberá se é certo ou não para você.

5. É hora de contratar um planejador financeiro?

No final das contas, todos precisam de ajuda profissional de vez em quando, não é mesmo? Pra saber se precisa contratar um planejador financeiro, responda as perguntas abaixo :

- Tenho pouca ou nenhuma experiência com o planejamento financeiro.
- Não tenho inclinação para fazer tudo por conta própria
- Quero uma opinião objetiva e imparcial
- Tenho uma situação financeira complexa
- Não tenho tempo para fazer tudo por conta própria.

Independentemente de onde você estiver em sua jornada financeira, a dedicação e o compromisso com a educação financeira contínua são fundamentais. O domínio de qualquer assunto vem da prática constante, treinamento e agilização de seu ofício. Não desista e continue a dedicar tempo e energia às suas finanças pessoais ao longo da sua vida e assim quem sabe não chegue ao seu primeiro milhão e poder deitar numa rede e curtir aquela preguiça, afinal ninguém é de ferro!




Comentar

Desculpe, nenhum resultado encontrado.