Conheça os benefícios do chocolate para a saúde e prepare-se para a Páscoa

O feriado mais doce do ano está se aproximando e, por isso, os estabelecimentos comerciais já enfeitaram suas lojas com ovos de Páscoa.

Apesar do preço salgado desses itens, o sabor do chocolate faz qualquer brasileiro levar ao menos uma unidade para casa.

E pode comer sem culpa. Diversas pesquisas provam que esse doce faz bem à saúde. Um desses estudos, feito pela Sociedade Americana de Química, revela que os micro-organismos presentes no intestino fermentam o cacau, transformando-o em anti-inflamatório que protege a saúde do coração.

Isso acontece porque as bactérias metabolizam os compostos presentes no cacau, cujo resultado é a formação de moléculas menores, mais facilmente absorvidas pelo corpo, a fim de diminuir a inflamação do tecido cardiovascular e reduzir o risco de derrames.

De qualquer forma, esse fato não serve como desculpa para incluir chocolate em todas as refeições. A Organização Mundial de Saúde (OMS) recomenda um consumo de até 30 gramas do chocolate amargo por dia, como auxiliar no tratamento das doenças cardiovasculares.

Outros benefícios do chocolate

Curiosamente, o chocolate amargo favorece a prevenção do câncer de intestino, devido à presença de moléculas com efeito antioxidante. Ele serve para proteger as células da degeneração causada pelo tumor.

As mulheres estão ai para provar que o chocolate é ótimo para acalmar os ânimos e tem efeito analgésico. De fato, esse doce aumenta a produção de hormônios que promovem o relaxamento. Se for chocolate amargo, melhora o fluxo das artérias, beneficiando a saúde do coração e diminuindo os níveis de colesterol ruim (LDL).

Quando o assunto é beleza, o cacau também cumpre o seu papel. Tem efeito, combate os radicais livres e evita a oxidação celular. Dessa forma, o processo de envelhecimento fica mais lento.

Evite comer chocolate branco

Os nutricionistas dizem que quanto mais cacau o chocolate apresentar, maior será o seu poder antioxidante, ação responsável pelos benefícios já citados.

Vale ressaltar que o chocolate branco não possui estas vantagens e conta com mais gordura saturada e açúcar em sua composição – os vilões de quem sofre com diabetes e obesidade.

A versão ao leite, que é muito popular, deve ser consumida com bastante moderação. As melhores opções são chocolate meio amargo (com 40% a 55% de cacau) e amargo (60% a 85%).

, Montes Claros
  • Lançamento: 2016-03-03 05:05:13
  • Visto: 416

Comentar

Desculpe, nenhum resultado encontrado.