Veja 10 curiosidades sobre o programa Big Brother no Brasil e no mundo

A 16ª edição do reality show Big Brother Brasil chega à final na noite de hoje. Mais uma vez, uma pessoa comum, antes desconhecida pela grande mídia, receberá a recompensa de R$1,5 milhão por ter exposto sua vida pessoal na televisão.


Embora muitas pessoas questionem a produção, ela faz sucesso não apenas no Brasil – como pregam alguns críticos -, mas já foi e ainda é febre em diversas partes do mundo.


Veja a seguir 10 curiosidades sobre as produções do Big Brother no Brasil e em outros países:


1- O criador do programa: A ideia de colocar pessoas desconhecidas para conviver numa casa surgiu na Holanda, em 1994, na mente do executivo de mídia John de Mol. Conhecido como o “pai dos realities shows”, suas ideias renderam milhões e ele figurou na lista da Forbes das 500 pessoas mais ricas do mundo. John de Mol também é o criador do “The Voice”, que anda fazendo muito sucesso por aqui.


2-Febre mundial: Ao todo, 75 países já produziram o Big Brother, seja com pessoas anônimas ou até com celebridades esquecidas.


3-O Big Brother mais longo: Na Alemanha, os participantes da 5ª edição do programa ficaram um ano confinados (de 2 de março de 2004 a 1 de março de 2005). Foram 59 participantes na disputa por 1 milhão de euros.


4-Big Brother Celebridades: No Reino Unido, a produção local resolveu confinar celebridades e a aposta deu certo. O programa fez mais sucesso do que o original (com pessoas desconhecidas).


5-Big Brother Teen: Campeão de customizações, o Reino Unido também inventou a versão adolescente do programa, mas os participantes ficaram 10 dias confinados.


6-A maior taxa de rejeição de um participante: No BBB5, no Brasil, Aline saiu da casa com 95% de rejeição.


7-Países que rejeitam o programa: Embora tenha um histórico de sucesso, o Big Brother deixou de ser produzido na Argentina e no Canadá.


8-Miss perdeu o título no programa: A gaúcha Joseane, do “BBB3″, teve que abrir mão do posto de Miss Brasil ao revelar, no programa, que era casada, fato que contaria as regras do concurso de beleza.


9-Expulsão por catapora: Na Tailândia, um participante já foi forçado a abandonar o programa por apresentar sintomas da catapora, uma doença contagiosa que poderia afetar os demais colegas.


10-Big Brother no Oriente Médio: Conhecida por ser uma região conservadora, o Oriente Médio não recebeu bem o programa, como era de se esperar. Lá, o Big Brother não completou uma edição. A primeira temporada, exibida em 2004, foi interrompida por fortes protestos de muçulmanos, pois a religião não permite a convivência entre homens e mulheres que não sejam da mesma família.

, Montes Claros
  • Lançamento: 2016-04-05 10:47:19
  • Visto: 111

Comentar

Desculpe, nenhum resultado encontrado.