No Dia Internacional do Café, conheça os benefícios da bebida para a saúde

O dia 14 de abril é uma data especial para os amantes do café. Para celebrar a existência de uma das bebidas mais consumidas no mundo inteiro, diversos estabelecimentos lançam promoções e inovam na forma de oferecer esse produto aos seus consumidores.


Aqui no Brasil, o café é um produto básico da mesa em diversas refeições, especialmente na matinal. É a segunda bebida mais consumida, só perdendo para a água. E devido a essa popularidade toda, muita gente ainda se pergunta se a bebida faz bem ou mal à saúde.


Assim como vários outros produtos, o café, se consumido em excesso à noite, por exemplo, pode interferir no sono de algumas pessoas, já que a bebida possui propriedades estimulantes.


Por isso, os especialistas recomendam evitar a ingestão após as 18h, já que o efeito estimulante dura algumas horas.


Benefícios do café


A boa notícia é que quanto mais se investigam as propriedades e os efeitos do café, mais longe a bebida fica de ter uma imagem negativa.


Dentre as pesquisas já desenvolvidas, é praticamente consenso que o café tem ação estimulante sobre o sistema nervoso e, em doses moderadas, aumenta a atenção, a concentração e a memória de curto e médio prazo.


Outros estudos mostram que o café pode até atuar na prevenção do câncer de cólon e reto, doença de Parkinson e de Alzheimer, apatia e depressão, obesidade infantil, diabetes tipo II, cálculos biliares e câncer de fígado.


Em todo caso, é bom lembrar que o café não é remédio, e pessoas doentes ou que sofrem dos males citados acima precisam de tratamento e orientação médica.


Cheiro de café diminui o estresse


Pesquisas feitas pelo Instituto D’or, do Rio de Janeiro, mostraram que, para se obter os benefícios, nem é preciso beber o café. Basta sentir um pouco do cheiro da bebida para trazer à tona as sensações de recompensa e gratidão.


Além de ser muito agradável, o cheiro do café interferem positivamente na saúde emocional e pode, no futuro, se tornar um aliado no tratamento de enfermidades psíquicas.


Recomendações e restrições


Se consumido moderadamente, o café não causa doenças em pessoas saudáveis. Por outro lado, quem sofre com gastrite, doença do refluxo gastroesofágico, úlcera, transtorno de ansiedade generalizada, transtorno do pânico, palpitações devido arritmias cardíacas, hipertensão arterial, insônia ou doença isquêmica do coração deve ter cuidado no consumo de café, pois ele podem agravar os sintomas ou a doença, principalmente se consumido em excesso.

  • Lançamento: 2016-04-14 10:33:58
  • Visto: 370

Comentar

Desculpe, nenhum resultado encontrado.