Equipes rivais se enfrentam a partir das 16h no Estádio Independência, em partida válida pela primeira etapa da decisão.
A final do Campeonato Mineiro, entre Cruzeiro e Atlético, colocará em jogo um jovem treinador contra um dos técnicos brasileiros mais experientes na atualidade. Em sua primeira final comandando a equipe alvinegra, Thiago Larghi pretende desbancar o multicampeão Mano Menezes.

A Raposa chegou à final do campeonato de forma invicta tendo vencido 13 jogos e empatado apenas duas vezes. Outro quesito que chama muita atenção é que o time do maestro Thiago Neves, chega a essa fase da competição com o melhor ataque e melhor defesa.

Por outro lado, o Galo não foi bem no início do Mineiro 2018. A equipe que perdeu o técnico Oswaldo de Oliveira, oscilou muito nos primeiros jogos do ano. Com isso, a pressão foi enorme em cima da diretoria e dos jogadores do elenco. O time apenas conseguiu evoluir nos últimos jogos e por isso, ficou em terceiro lugar atrás de Cruzeiro e América na tabela da primeira fase.

Durante as semifinais, as duas equipes tiveram momentos distintos. Enquanto o Atlético se recuperou e conseguiu vencer as duas partidas contra América, demonstrando certo equilíbrio e superioridade ao adversário que detinha boa vantagem, o Cruzeiro enfrentou um Tupi aguerrido e que em muitos momentos dos 180 minutos levou certo perigo para a equipe da Capital Mineira.

Entretanto, preparados para fazer mais uma decisão, as duas equipes tiveram uma semana inteira para trabalharem e se preparar cuidadosamente para mais um grande clássico dos maiores times de Minas Gerais. Por isso, a expectativa de vermos uma grande final é muito grande.
CRUZEIRO
O time do comandante Mano Menezes conseguiu construir uma excelente vantagem por ter feito a melhor campanha até aqui. Por isso, a missão da Raposa será relativamente mais tranquila. Afinal, já inicia as finais como campeão porque dois empates é um resultado favorável.
No entanto, a semana foi de muito trabalho e na Toca da Raposa, não se houve nenhuma comemoração antecipada. Pelo contrário, todos aqueles que falaram com a imprensa não quiseram assumir o favoritismo na partida e vai em busca de mais uma vitória. Além disso, um resultado positivo no jogo de amanhã deixará o Cruzeiro ainda mais próximo da taça.

“Os dois lados se conhecem e dificilmente você vai fazer algo diferente em termos de formação ou posicionamento tático que surpreenda o adversário. O objetivo é tratar questões estratégicas especificas do jogo. Isso é possível e pode significar alguma surpresa que pode decidir um jogo igual com este. Você trabalha bola parada, estratégia”, declarou Mano, em entrevista coletiva.

Esta semana foi muito triste para o atacante Fred. Com a grave lesão sofrida na última partida contra o Tupi, o jogador foi operado e ficará fora cerca de 6 à 8 meses. Portanto, não deverá mais entrar em campo em 2018. Por outro lado, Raniel vem em boa fase e deve continuar mantendo a posição de titular no ataque estrelado.

Por outro lado, surgiram boas novidades para a decisão, o zagueiro Léo que havia sido suspenso por mais dois jogos, recebeu um efeito suspensivo e poderá atuar ao lado do seu parceiro Murilo. Edílson que ainda não se recuperou totalmente segue fora da relação de jogadores para a partida. Fábio e Ariel Cabral voltam depois de cumprir suspensão pelo terceiro cartão amarelo.
ATLÉTICO
Com algumas dúvidas, o comandante alvinegro ainda não deu pistas de qual equipe mandará a campo amanhã. Devido aos treinamentos fechados para a imprensa, não se sabe muito bem mas especula-se que Gustavo Blanco (para ajustar ainda mais a marcação no meio campo) e Erik (busca retomar a titularidade e Ricardo Oliveira não treinou) possam entrar como titulares.

Durante a coletiva de ontem (sexta-feira), o treinador falou sobre as dúvidas na montagem da equipe:

“Não tenho time definido. Estamos treinando ainda. Existem duas dúvidas. Um ou outro jogador. É detalhe que a gente pode usar. Na defesa, no ataque, na bola parada. Está bem encaminhado para a definição. Estamos usando a semana para fazer experimentos. Isso é importante para o grupo, precisamos fortalecer o grupo para jogos grandes. É uma definição que parte para um projeto maior. É a definição para esse jogo, mas sempre pensando na formação de um plantel, com troca de jogadores, rodízio, para encarar todas as partidas. Prefiro não falar as dúvidas”.

Em desvantagem, o time precisa vencer as duas partidas para levar o título de campeão estadual. Por isso, uma vitória no jogo de ida é fundamental para o Galo. A segunda partida você acompanha no dia 8 de abril a partir das 16h no estádio Mineirão.

Ficha Técnica
Atlético x Cruzeiro
Local: Arena Independência, Belo Horizonte (MG)
Data: 01 de abril de 2018 (Domingo)
Horário: 16h(de Brasília)
Árbitro: Dewson Fernando Freitas da Silva
Assistentes: Hélcio Araújo Neves e José Ricardo Coimbra

ATLETICO: Victor; Patric, Leonardo Silva, Gabriel e Fábio Santos; Adílson, Elias (Gustavo Blanco), Luan, Cazares, Otero; Ricardo Oliveira (Erik).
Técnico: Thiago Larghi

CRUZEIRO: Fábio; Lucas Romero, Léo (Dedé), Murilo e Egídio; Henrique e Ariel Cabral; Robinho; Thiago Neves e Rafinha; Raniel.
Técnico: Mano Menezes

E você, torcedor. Ansioso para ver quem sairá vencedor desta grande final? Deixe o seu comentário abaixo e compartilhe conosco o seu palpite.

">


+Restaurantes Bares Hotéis Automotivo Pets










Atlético x Cruzeiro: confira tudo sobre o grande clássico pela final do Campeonato Mineiro 2018

Atualizado: 07-09-2021
(0 )
(0)

Atlético x Cruzeiro: confira tudo sobre o grande clássico pela final do Campeonato Mineiro 2018

Equipes rivais se enfrentam a partir das 16h no Estádio Independência, em partida válida pela primeira etapa da decisão.

A final do Campeonato Mineiro, entre Cruzeiro e Atlético, colocará em jogo um jovem treinador contra um dos técnicos brasileiros mais experientes na atualidade. Em sua primeira final comandando a equipe alvinegra, Thiago Larghi pretende desbancar o multicampeão Mano Menezes.


A Raposa chegou à final do campeonato de forma invicta tendo vencido 13 jogos e empatado apenas duas vezes. Outro quesito que chama muita atenção é que o time do maestro Thiago Neves, chega a essa fase da competição com o melhor ataque e melhor defesa.


Por outro lado, o Galo não foi bem no início do Mineiro 2018. A equipe que perdeu o técnico Oswaldo de Oliveira, oscilou muito nos primeiros jogos do ano. Com isso, a pressão foi enorme em cima da diretoria e dos jogadores do elenco. O time apenas conseguiu evoluir nos últimos jogos e por isso, ficou em terceiro lugar atrás de Cruzeiro e América na tabela da primeira fase.


Durante as semifinais, as duas equipes tiveram momentos distintos. Enquanto o Atlético se recuperou e conseguiu vencer as duas partidas contra América, demonstrando certo equilíbrio e superioridade ao adversário que detinha boa vantagem, o Cruzeiro enfrentou um Tupi aguerrido e que em muitos momentos dos 180 minutos levou certo perigo para a equipe da Capital Mineira.


Entretanto, preparados para fazer mais uma decisão, as duas equipes tiveram uma semana inteira para trabalharem e se preparar cuidadosamente para mais um grande clássico dos maiores times de Minas Gerais. Por isso, a expectativa de vermos uma grande final é muito grande.

CRUZEIRO

O time do comandante Mano Menezes conseguiu construir uma excelente vantagem por ter feito a melhor campanha até aqui. Por isso, a missão da Raposa será relativamente mais tranquila. Afinal, já inicia as finais como campeão porque dois empates é um resultado favorável.

No entanto, a semana foi de muito trabalho e na Toca da Raposa, não se houve nenhuma comemoração antecipada. Pelo contrário, todos aqueles que falaram com a imprensa não quiseram assumir o favoritismo na partida e vai em busca de mais uma vitória. Além disso, um resultado positivo no jogo de amanhã deixará o Cruzeiro ainda mais próximo da taça.


“Os dois lados se conhecem e dificilmente você vai fazer algo diferente em termos de formação ou posicionamento tático que surpreenda o adversário. O objetivo é tratar questões estratégicas especificas do jogo. Isso é possível e pode significar alguma surpresa que pode decidir um jogo igual com este. Você trabalha bola parada, estratégia”, declarou Mano, em entrevista coletiva.


Esta semana foi muito triste para o atacante Fred. Com a grave lesão sofrida na última partida contra o Tupi, o jogador foi operado e ficará fora cerca de 6 à 8 meses. Portanto, não deverá mais entrar em campo em 2018. Por outro lado, Raniel vem em boa fase e deve continuar mantendo a posição de titular no ataque estrelado.


Por outro lado, surgiram boas novidades para a decisão, o zagueiro Léo que havia sido suspenso por mais dois jogos, recebeu um efeito suspensivo e poderá atuar ao lado do seu parceiro Murilo. Edílson que ainda não se recuperou totalmente segue fora da relação de jogadores para a partida. Fábio e Ariel Cabral voltam depois de cumprir suspensão pelo terceiro cartão amarelo.

ATLÉTICO

Com algumas dúvidas, o comandante alvinegro ainda não deu pistas de qual equipe mandará a campo amanhã. Devido aos treinamentos fechados para a imprensa, não se sabe muito bem mas especula-se que Gustavo Blanco (para ajustar ainda mais a marcação no meio campo) e Erik (busca retomar a titularidade e Ricardo Oliveira não treinou) possam entrar como titulares.


Durante a coletiva de ontem (sexta-feira), o treinador falou sobre as dúvidas na montagem da equipe:


“Não tenho time definido. Estamos treinando ainda. Existem duas dúvidas. Um ou outro jogador. É detalhe que a gente pode usar. Na defesa, no ataque, na bola parada. Está bem encaminhado para a definição. Estamos usando a semana para fazer experimentos. Isso é importante para o grupo, precisamos fortalecer o grupo para jogos grandes. É uma definição que parte para um projeto maior. É a definição para esse jogo, mas sempre pensando na formação de um plantel, com troca de jogadores, rodízio, para encarar todas as partidas. Prefiro não falar as dúvidas”.


Em desvantagem, o time precisa vencer as duas partidas para levar o título de campeão estadual. Por isso, uma vitória no jogo de ida é fundamental para o Galo. A segunda partida você acompanha no dia 8 de abril a partir das 16h no estádio Mineirão.


Ficha Técnica

Atlético x Cruzeiro

Local: Arena Independência, Belo Horizonte (MG)

Data: 01 de abril de 2018 (Domingo)

Horário: 16h(de Brasília)

Árbitro: Dewson Fernando Freitas da Silva

Assistentes: Hélcio Araújo Neves e José Ricardo Coimbra


ATLETICO: Victor; Patric, Leonardo Silva, Gabriel e Fábio Santos; Adílson, Elias (Gustavo Blanco), Luan, Cazares, Otero; Ricardo Oliveira (Erik).

Técnico: Thiago Larghi


CRUZEIRO: Fábio; Lucas Romero, Léo (Dedé), Murilo e Egídio; Henrique e Ariel Cabral; Robinho; Thiago Neves e Rafinha; Raniel.

Técnico: Mano Menezes


E você, torcedor. Ansioso para ver quem sairá vencedor desta grande final? Deixe o seu comentário abaixo e compartilhe conosco o seu palpite.



Veja mais noticias em Montes Claros
Temos vagas de emprego em Montes Claros

- Montes Claros





Importante:
Confirme as informações antes de sair, pois os horários, preços e formas de pagamento podem ser alterados sem aviso prévio.


Comentar

Desculpe, nenhum resultado encontrado.

Add Foto